MÃE:
Ser mãe de gémeos não é nada fácil e é muito cansativo. Temos de ter ajuda, senão ficamos malucos. Não sei o que é ser mãe de um, só de dois, mas imagino que com um tudo se faz com uma perna às costas! Neste momento, dormem pouco durante o dia e quando me deito no sofá para descansar é mesmo o momento que eles acordam e começam a chorar. À noite dormem bem, acordam de 3h em 3h, por vezes 4h, para comer e é apenas comer e dormir. Têm um choro forte e contrariando vários testemunhos de mães de gémeos, um dos meus receios concretizou-se: quando um chora, muitas vezes o outro também parece que sente as dores e as inquietações do outro (são gémeos verdadeiros). Os melhores momentos são aqueles em que eles olham para nós com aquelas caras lindas e ficam a contemplar-nos, quando se aninham no nosso colo e fazem-nos sentir que somos o seu porto seguro. O pior é mesmo o choro, principalmente quando não conseguimos perceber o porquê (o choro deles é sempre igual). Os nossos gémeos quiseram vir antes (34 semanas e 1 dia) então ainda passamos 2 semanas na neonatologia. Não foram, nem são, tempos fáceis, com muito trabalho e muito cansaço. Mas no final somos recompensados todos os dias quando olhamos para eles.

PAI:
Bem tendo sido pai de gémeos (verdadeiros) no dia 6 de janeiro posso dizer que SIM, CANSA E MUITO.... Chegámos ao limite e temos sempre um sentimento de impotência quando o choro dos 2 pequenos entra pelos nossos ouvidos e nada os parece acalmar. Nesta primeira fase é preciso muito sacrifício, muita organização e não pensar muito nas coisas (dinheiro, arrumação da casa, fraldas, etc.) para conseguirmos levar tudo com a devida calma (que muitas vezes não temos graças ao facto de todo o cansaço ser acumulado). Tenho noção que desde dia 6 que a nossa vida se resume a: muda fralda, aquece o leite, dá biberão, mete a arrotar, adormece, mete no berço, esteriliza o biberão...levamos os dias nisto e quando vamos olhar para o relógio já passou mais um dia e não fizemos "nada".
Mas como diz - e bem! - o ditado referido no post, "
quem corre por gosto não cansa…".

 

Pai e Mãe a segurar os seus filhos gémeos

Pomada para a muda da fralda. Proteção e regeneração da pele do rabinho do bebé. Dermocosmético. L.PT.MKT.DC.06.2019.0144