Sou assistente social e estava no auge da minha carreira profissional no Brasil quando passei no Mestrado em Serviço Social na Universidade de Coimbra.

Sempre foi um sonho estudar no estrangeiro e aproveitei esta oportunidade. Deixei a minha família, namorado, amigos e emprego para trás e embarquei nesta aventura sozinha. Após 1 ano de estudos, fui de férias ao Brasil e fiquei grávida. Eu e o meu namorado conversámos e concordámos que eu deveria voltar para terminar o meu Mestrado. Defendi a minha dissertação e um mês depois o meu bebé nasceu.

Hoje, o meu bebé está com 6 meses e abri mão, temporariamente, da minha vida profissional que estava em plena ascensão. Porém, realizei dois grandes sonhos: o Mestrado em Portugal e ser mãe.

A mensagem que eu gostaria de passar é que não existe "hora certa" para se realizar um sonho, seja ele qual for. Tudo na vida acontece como tem que acontecer e tudo é passageiro.

Deixar a vida profissional em standby por um momento valerá muito a pena para o desenvolvimento do meu filho, ser mãe é um "plus" para a minha carreira e com certeza eu serei uma melhor profissional depois de ser mãe.
Ser mãe desperta-nos habilidades incríveis e que poderão ser aproveitadas em vários setores da vida, pessoal e profissional.

Testemunho Gabi Barbatti

Pomada para a muda da fralda. Proteção e regeneração da pele do rabinho do bebé. Dermocosmético. L.PT.MKT.DC.06.2019.0144