Enjoos matinais, sciatica, pele cheia de borbulhas, e maminhas a escorrer leite, para não falar dos outros sintomas horríveis da gravidez, provavelmente deixaram-na mesmo sem vontade.

Agora, sem a barriga a atrapalhar, talvez já esteja pronta para voltar a acender a chama no quarto. Mas vá preparada, vai precisar de muitos fósforos…

1. Expectativa: Já passaram 6 semanas. Os seus pontos já sararam e já está novamente no mood (com disposição?). Está na hora de se familiarizar de novo com o amor! E vai ser tão atrevido como da primeira vez que estiveram juntos.

Realidade: É mais parecido como perder a virgindade outra vez. Mas pior. Será que a parteira cozeu tudinho? Terá sido um cacto inserido acidentalmente? Será que o médico quis dizer 6 anos para sarar? Não faz mal, há muito para limpar e arrumar em casa. (E isso definitivamente não magoa tanto).

2. Expectativa: Mal pode esperar para abraçar novamente cara-a-cara sem um alto enorme entre vocês. Pele com pele, a cabeça do seu parceiro no seu peito, nenhum bebé a dar pontapés nas suas costelas – pura felicidade.

Realidade: Vocês tentam desesperadamente abraçar-se, mas os seus seios gotejam tanto que escorrega dos braços dele. Ele diz que não está nada enjoado, mas a sua expressão horrorizada confirma o contrário.

3. Expectativa: Organizou tudo com a baby sitter e planeou uma noite com comida verdadeira, vinho e olhares intensos do outro lado da mesa. Não dá para ser muito mais romântico do que isto.

Realidade: Preocupada com o seu bebé, passa a noite toda a olhar para o telemóvel, exigindo que a baby sitter envie fotografias do seu bebé a cada 3 minutos. Depois a exaustão ataca, deixando totalmente sem fome. E subitamente, as palavras especiais passam a ser “vamos para casa”.

Com dexpantenol. Para prevenção e tratamento do eritema da fralda e gretas do mamilo, pele seca, áspera ou gretada e cicatrização de lesões e irritações da pele. Contra-indicado no caso de sensibilidade a qualquer componente. Medicamento não sujeito a receita médica. Leia cuidadosamente o folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o médico ou farmacêutico. L.PT.MKT.DC.12.2016.0113