No geral, e nas mais pequenas coisas, a dinâmica de casal muda para sempre com a chegada de um bebé. A logística (em casa e para sair dela), os horários, os temas de conversa, as preocupações. Em função do bebé, tudo sofre alterações, ajustes, novas perspetivas. E na vida conjugal, os sentimentos também mudam? Refletindo sobre o papel que o pai desempenha na maternidade, 7 mulheres deixam o seu testemunho:

“A nossa relação ficou ainda mais forte. (Ele) É o melhor pai do mundo! Já lá vão 2 anos e estamos a tentar o próximo, com a certeza que ainda será um desafio maior e melhor para esta vida conjugal” - Raquel Aroso

“Com calma, e muita conversa entre o casal, tudo se resolve, mas o nosso primeiro ano foi desafiante. Tudo volta ao lugar. A seu tempo. E com ainda mais amor!” - Catarina Pontes

“(O meu marido) É o melhor marido e pai do mundo! Sempre presente em todos os momentos do nosso menino! Dá banhos, veste, dá papinha, brinca, adormece, dá colo, faz-lhe tudo! Quando acordo para dar papinha, acorda juntamente e sempre foi assim, desde o primeiro dia em casa com o menino! Somos muito abençoados por tê-lo na nossa vida! Não nos deixa faltar nada e é super presente em todos os momentos das nossas vidas! Somos uns sortudos! Amamo-lo muitooo!” - Joana Santos Agradeço-lhe todo o apoio e compreensão. É o melhor marido e pai do mundo! Nunca nos deixa faltar nada!!! – Marta Amaral

Testemunhos reais que mostram que o papel do companheiro é um aspeto fundamental na recuperação pós-parto e, mais, na persistência do sentimento de união e de relação.

É certo que nem todas as experiências são positivas. A realidade é que há pais que demoram muito mais tempo a assumir parte na divisão de tarefas. Um tempo que é muito difícil à mãe conceder sem se sentir exausta e ultrapassada nas suas forças. E daí sim, podem resultar implicações diretas nos sentimentos que até então os uniam. Há uma espécie de abandono sentido por quem se vê a percorrer o caminho com alguém ao lado, mas que não enfrenta os mesmos sacrifícios e, desta forma, se distancia do momento que tinha sido idealizado de uma forma completamente oposta.

É uma altura em que, mais do que nunca, é fundamental o diálogo entre o casal. Nem sempre é fácil, mas há que gerir a relação de parte a parte, para que ambos desfrutem da maternidade.

Gostaria de partilhar a sua experiência com a comunidade DécimoMês? Envie-nos o seu testemunho através de email para bayer.cc.pt@bayer.com.

Com dexpantenol. Para prevenção e tratamento do eritema da fralda e gretas do mamilo, pele seca, áspera ou gretada e cicatrização de lesões e irritações da pele. Contra-indicado no caso de sensibilidade a qualquer componente. Medicamento não sujeito a receita médica. Leia cuidadosamente o folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o médico ou farmacêutico. L.PT.MKT.DC.12.2016.0113