Quando o parto é feito por cesariana há que ter em atenção a zona da cicatriz e a sua recuperação lenta. Esta recuperação pode demorar entre três a quatro semanas, sendo que os pontos externos são mais rápidos a cicatrizar do que os pontos internos. Seguem-se algumas situações que podem acontecer e dicas de como tornar a cicatriz saudável e quase invisível.

Que situações desconfortáveis podem acontecer?

Logo após o parto é natural sentir alguns incómodos. Entre eles pode ter:

  • uma sensação de esticão ou dor no abdómen;
  • uma sensibilidade diferente na zona da cicatriz como se estivesse dormente;
  • formação de edema (inchaço) à volta da cicatriz;
  • “dores tortas” que se dão quando o útero volta ao tamanho normal.

Estas situações são muito usuais e costumam durar alguns dias ou semanas. No caso de sentir muita dor ou febre ou de precisar de tomar medicação para aliviar o desconforto, aconselhe-se com o seu médico de modo a prevenir problemas futuros para si e para o seu bebé.

Higiene, higiene, higiene!

Para a higiene da zona da cicatriz não é necessário ter muita preocupação. Basta manter a zona limpa e secar com uma gaze esterilizada, deixando uns minutos ao ar. No caso de ter agrafos deve evitar soluções com iodo na zona da cicatriz. Por fim, em relação aos pontos convencionais ou agrafos, deve falar com o seu ginecologista para os retirar. Só não precisa de se preocupar com esta situação se os pontos forem intradérmicos (debaixo da pele).

Abdominais fortes, menos complicações!

Para o fortalecimento da zona abdominal há que ter em conta se a cesariana foi programada ou não. Se for planeada desde o início, poderá fazer exercícios próprios ao longo da gravidez e logo após o nascimento do seu bebé. No caso de realizar uma cesariana, após trabalho de parto deve esperar para poder exercitar a zona. Neste último caso, os dias de repouso variam consoante o trabalho de parto. Estes exercícios consistem em contrair e relaxar a zona numa posição sempre deitada até ao fim do período de quarentena.

Descanso e conforto significam proteção

Após o nascimento do seu filho tente proteger ao máximo a zona da cicatriz. Para tal, aproveite para pedir a outra pessoa que faça as tarefas domésticas, descanse, não faça esforços extra e não segure em pesos durante o período de quarentena. Para além disso, ao amamentar, procure colocar o bebé sobre uma almofada de modo a proteger a sua barriga. Ao sentar-se e levantar-se deve procurar fletir o corpo para a frente, manter os joelhos dobrados e proteger a barriga. Por último, se sentir algum desconforto ao tossir ou a espirrar, coloque as mãos sobre a barriga com os polegares por cima da ferida. Desta forma será muito mais confortável.

Truques para a invisibilidade

Depois de todos estes cuidados, pode seguir algumas dicas extra que a ajudarão a disfarçar ao máximo a cicatriz, nomeadamente:

  • procure não apanhar sol na zona durante um ano, para que ela não escureça;
  • hidrate o local diariamente (isto também leva à diminuição do risco de infeções);
  • massaje a zona. Esta massagem deve imitar a ação de descolar um papel adesivo, simulando pequenos beliscões.

Com todos estes cuidados, não terá qualquer problema durante a recuperação e verá que a sua cicatriz se torna quase invisível.

12 coisas sobre a amamentação de que ninguém fala

Com dexpantenol. Para prevenção e tratamento do eritema da fralda e gretas do mamilo, pele seca, áspera ou gretada e cicatrização de lesões e irritações da pele. Contra-indicado no caso de sensibilidade a qualquer componente. Medicamento não sujeito a receita médica. Leia cuidadosamente o folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o médico ou farmacêutico. L.PT.MKT.DC.12.2016.0113