Talvez tivesse uma imagem idealizada de como a maternidade seria antes de ter o seu filho. Bombardeadas como somos por artigos nas revistas e televisão, com mães e bebés serenos, é possível que tenha imaginado horas sem fim de mimos com o seu bebé, numa casa bonita e organizada, porque teria tempo para limpar e arrumar enquanto ele dormia.Mas depois descobrimos que a realidade é bem diferente. O bebé está sempre a precisar de comida ou de atenção para o fazer adormecer. Você sente-se exausta e irritável, e com muito pouco tempo para lidar com as suas próprias necessidades.

A sensação de ser um hamster numa roda, com a mente em constante ebulição, a pensar em todas as tarefas que não conseguiu fazer porque teve de pegar no bebé ou cuidar dele, pode ser avassaladora. Ter recorrentemente pensamentos negativos ou carregados de stress pode ter um impacto no seu bem-estar e na forma como se sente no dia a dia.

A consciencialização é uma forma de ajudar a gerir estes pensamentos. Para tal, você tem de aceitar o que está a acontecer no presente, em vez de se sentir ansiosa por causa do futuro ou de reviver mágoas e revoltas do passado. Aqui ficam algumas técnicas que pode experimentar da próxima vez que se sentir ultrapassada pelas circunstâncias:

  1. Descreva na sua cabeça, ou mesmo em voz alta, o que está a ver à sua volta. Se estiver a alimentar o seu bebé, repare nos sons que consegue ouvir, na sensação de o ter ao colo. Observe todos os detalhes da sua cara e mãos ou olhe pela janela para as árvores. Veja-as agitar-se com a brisa suave e observe as formas das folhas.
  2. Em vez de se recriminar pelas tarefas que não conseguiu realizar, concentre-se no que conseguiu acabar, fazendo uma ‘lista de resultados’. Anote tudo o que fez por si ou pelo seu bebé nesse dia, especialmente coisas como mudar fraldas, lavar a loiça ou tomar um duche. Assim, conseguirá ver tudo o que realmente consegue fazer, todos os dias.
  3. Quando o seu bebé estiver a dormir, feche os olhos e reflita sobre os seus pensamentos, sentimentos, e sobre o seu corpo. Identifique e aceite cada emoção, como por exemplo: ‘sinto preocupação, sinto raiva, sinto os ombros tensos’. Tire alguns minutos para processar os sentimentos e sensações. Depois inspire e expire profundamente.

A consciencialização não funciona para todas as pessoas. O processo de tentar acalmar a mente quando estamos stressados pode parecer antinatural para algumas pessoas. No entanto, todos temos emoções e a consciencialização ensina-nos a aceitar os nossos sentimentos quando eles surgem, em vez de nos sentirmos mal porque nos sentimos mal. É muito útil para nos compreendermos quando entramos em novos capítulos da nossa vida, tal como a maternidade.

Se acha que estes conselhos são úteis, existem várias aplicações para telefone que a podem ajudar na consciencialização e monitorização de sentimentos. A ‘Mappiness’ pergunta-lhe o que está a fazer e como se sente, inúmeras vezes ao longo do dia, para poder reconhecer as alturas de stress e aprender a geri-las melhor.

Com dexpantenol. Para prevenção e tratamento do eritema da fralda e gretas do mamilo, pele seca, áspera ou gretada e cicatrização de lesões e irritações da pele. Contra-indicado no caso de sensibilidade a qualquer componente. Medicamento não sujeito a receita médica. Leia cuidadosamente o folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o médico ou farmacêutico. L.PT.MKT.DC.12.2016.0113